Raiz de cúrcuma e ela em pó

Seja você um amante da culinária ou alguém que se importa com a saúde, certamente já ouviu falar sobre a cúrcuma. Também chamada de açafrão-da-terra, a cúrcuma possui uma cor amarela vibrante, e é muito mais que apenas um tempero na cozinha. Se consumida da forma correta, ela pode promover múltiplos benefícios para a saúde, e por isso, hoje em dia é frequentemente encontrada em suplementos alimentares.

No post de hoje, vamos falar sobre o consumo da cúrcuma, seus benefícios, algumas dicas de como incluir o alimento na sua rotina e deixar seus pratos ainda mais coloridos e saborosos.

Benefícios da cúrcuma

Além de adicionar um sabor especial aos pratos, existe uma série de benefícios da cúrcuma para a saúde. Aqui vão os principais:

  • Efeito antioxidante;

  • Ação anti-inflamatória natural;

  • Melhora da função cerebral;

  • Suporte ao sistema imunológico;

  • Propriedades que ajudam a regular o colesterol;

  • Controle do açúcar no sangue;

  • Auxílio no emagrecimento;

  • Propriedades anticancerígenas.

Como consumir cúrcuma no dia a dia?

Antes de começarmos, aqui vai uma dica sobre a cúrcuma: ela pode manchar as roupas e as mãos facilmente. Então, tenha muito cuidado ao manusear. Dito isso, podemos partir para as diferentes formas de consumir cúrcuma:

Cúrcuma em pó

Uma das formas mais comuns de consumir a cúrcuma é na sua versão em pó. Muito versátil, ela pode ser incorporada na sua dieta facilmente. A cúrcuma em pó pode ser usada em diferentes receitas como: molhos, carnes, sopas, legumes refogados, arroz, ovos mexidos e até shakes.

Suplemento a base de cúrcuma

Os suplementos de cúrcuma podem ser encontrados em cápsulas, comprimidos ou gotas para administração sublingual. Todos eles representam uma uma forma conveniente de obter os benefícios da curcumina, principal ativo da cúrcuma.

Dentre as opções, os suplementos em gotas se destacam por garantir que até 90% os ingredientes sejam absorvidos rapidamente. Além disso, você tem a possibilidade de controlar a dosagem de forma mais prática.

Pessoa segurando a embalagem da Always fit d Curcuma

Em nosso site, o suplemento é encontrado em forma líquida, sendo enriquecido com outras substâncias e vitaminas que promovem:

  • Redução de dores e inflamações;

  • Melhora da saúde das articulações e dos ossos;

  • Maior saúde das cartilagens;

  • Fortalecimento do sistema imunológico;

  • Efeito anti-inflamatório.

Você pode ingerir de 12 gotas por dia, logo pela manhã, em jejum. Aplique as gotas embaixo da língua e deixe por lá por cerca de 1 minuto. Após 15 tome seu café da manhã normalmente.

Cúrcuma no chá

Outra forma de consumir cúrcuma é adicionando ela no seu chá. É muito simples, basta acrescentar uma colher de chá em pó no líquido e mexer até dissolver. Para auxiliar na absorção da curcumina — composto ativo da cúrcuma com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias —, adicione também uma pitada de pimenta-do-reino e, se desejar, um pouco de adoçante a gosto.

Falando nisso, aproveite e confira também o nosso conteúdo sobre como o açúcar inflama o organismo.

Cúrcuma com leite (ou Golden Milk)

O famoso "leite dourado" consiste em adicionar a cúrcuma junto a um copo de leite quente. Para incrementar o sabor e enriquecer a bebida, você também pode adicionar mel e canela. Assim, você toma o seu café e ainda consome cúrcuma.

Lembrando que é recomendado falar com um nutricionista antes de alterar a sua dieta e incluir suplementos.

Existem efeitos colaterais ao tomar cúrcuma?

A cúrcuma é rica em compostos químicos importantes, óleos essenciais e compostos curcuminoides, responsáveis pelas suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Sendo assim, é muito difícil sentir efeitos colaterais adversos ao consumir a cúrcuma. O que alguns poucos pacientes relatam é apenas um pequeno desconforto gástrico e movimentos intestinais mais frequentes.

Qual a diferença entre cúrcuma e açafrão?

Quando falamos de "cúrcuma" e de "açafrão-da-terra" estamos falando da mesma coisa. Porém, cúrcuma e açafrão são coisas distintas, com características diferentes, tanto na aparência quanto no sabor. Enquanto a raiz utilizada para fazer a cúrcuma em pó e faz parte da mesma família do gengibre e é originária do sudeste asiático, o açafrão é derivado dos estigmas secos de uma flor — crocus sativus — cultivada em regiões do Mediterrâneo.

Duas imagens uma contem a Cúrcuma em pó e a outro uma flor de açafrão

Outra questão é o sabor, enquanto a cúrcuma tem um sabor terroso e ligeiramente amargo, o açafrão possui um sabor mais delicado e floral, muito usado para dar cor e sabor aos pratos.

Confira também: Você sabe a diferença entre suplementos e remédios?

Pode tomar cúrcuma para desinflamar o corpo?

Sim, você pode consumir cúrcuma visando desinflamar o corpo. Isso tudo devido à curcumina, que contém propriedades anti-inflamatórias. Porém, a capacidade de eficácia pode variar de pessoa para pessoa, e para um resultado melhor, é importante combinar essa suplementação com outros hábitos, como a redução do consumo de alimentos inflamatórios.

Quem não pode consumir cúrcuma?

Pessoas que apresentam algum histórico com problemas de úlceras gástricas devem evitar fazer o uso contínuo de cúrcuma, seja em pó ou suplementada. Podem existir também pessoas que são alérgicas ou sensíveis à curcumina. Além disso, a cúrcuma não é recomendada para mulheres que estão amamentando, crianças ou bebês. Na dúvida, consulte seu médico.

Existe um melhor horário para tomar cúrcuma?

Recomendamos fazer o uso da suplementação logo pela manhã, antes do café da manhã com aplicação sublingual. Mas em caso de ingestão da cúrcuma em pó, ela pode ser adicionada como tempero nas principais refeições do dia, como almoço e jantar.

Mulher tomando um remédio em gotas

Leia também: tipos de magnésio - quais são e qual você deve tomar!

Contudo, a cúrcuma tem um papel fundamental tanto na culinária quanto na saúde. Muitas pessoas têm usado para fins medicinais, especialmente por conta de suas funções anti-inflamatórias e antioxidantes.

Esperamos que o post tenha ajudado a entender melhor sobre o consumo e a suplementação de cúrcuma no dia a dia. Nos vemos no próximo post!

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.